Energia Wireless!


Homenagem

De forma alguma nós poderiamos deixar de escrever sobre essa pessoa tão especial que está passando por um momento muito difícil. Momento esse que nós temos  certeza que ela irá superar devido a sua garra, força e outras virtudes que poucos possuem. Características vitais para o sucesso e que, felizmente, sobram para ela. 

A vida é cheia de imprevistos, surpresas, alegrias, percalços, realizações e desilusões. Entretanto, acima de tudo isso, existem pessoas especiais, anjos que Deus nos envia para fazer com que a vida realmente se manifeste como um dom e não como um martírio. Eles são a família que nós podemos escolher, são aqueles que temos a honra de chamar de AMIGOS. A Roberta é para nós do grupo, e para inúmeras outras pessoas, uma amiga. Sendo assim ela tem não uma, mas várias famílias que torcem e têm certeza do seu sucesso.

Roberta, um grande beijo do do seu grupo que anseia pelo seu retorno e que estará do seu lado em todos os momentos.

Geise, Maísa e Marcel.

"O melhor lenço para uma lágrima é o sorriso daqueles que nos amam" (autor desconhecido)



Escrito por Geise, Maisa, Marcel e Roberta às 16h08
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Retorno das "Férias"

Voltando a postar depois desse "grande" recesso que foi muito proveitoso para alguns e nem tanto para outros... Comentários inúteis a parte vamos lá:

Na terça feira da semana em que entramos de recesso, um ano atrás hehe, o professor Marco Aurélio nos deu uma aula expositiva sobre eletromagnetismo em geral. Passando pelos conceitos mais básicos de campo, força e cargas elétricas até chegar nas equações de Maxwell, ele fez um grande resumo de uma parte da matéria.

 

"Aula com o coordenador do curso de engenharia elétrica, Prof. Marco Aurélio Schroeder." 

 

Essa aula esclareceu algumas das nossas dúvidas e portanto vamos apresentar quais foram os principais conhecimentos abordados sem detalhá-los, eles estarão bem explicados no relatório.

Explicações breves sobre:

- Campo Elétrico: cargas elétricas, carga de prova, vetor campo elétrico, força elétrica entre cargas, divergência e convergência de campo, campo elétrico uniforme entre placas paralelas.

- Campo Magnético: linhas de campo magnético, natureza e características do vetor campo magnético, imãs e força eletromagnética, movimento de cargas (corrente elétrica).

- Campo Eletromagnético:  interdependência dos campos elétricos e magnéticos, fluxo magnético, indução eletromagnética, "regra da mão direita", regra de Ampére, "regra do tapa", campo magnético em espiras circulares.

- Lei de Faraday-Lenz: força eletromotriz induzida (Lei de Faraday), corrente elétrica induzida, sentido da corrente elétrica induzida (Lei de Lenz).

- Teoria Dinâmica do Campo Elétromagnético de Maxwell: a teoria de Maxwell para o campo elétromagnético e suas equações, polarização dos dielétricos e propagação do campo. *Foi adicionado um site sobre a teoria de Maxwell na sessão de links.

A aula foi muito produtiva apesar do tempo curto...agora é aplicar os conhecimentos adquiridos.

"Planeje seu progresso, cuidadosamente, cada hora, cada dia, cada mês. A ação organizada, unida ao entusiasmo, produz uma força irresistível."

(P. MEYER)

 



Escrito por Geise, Maisa, Marcel e Roberta às 10h42
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Enfim... O Projeto em si!

Na reunião realizada dia 11 de dezembro o professor Sidelmo passou-nos um artigo. Em tal material, Gerald R. DeJean, pesquisador da Microsoft, comenta a experiência feita pelo MIT sobre transmissão de energia sem fio. Inicialmente o professor comentou sobre os pontos mais importantes e nos pediu para lê-lo diversas vezes.

                                                                   

                                                                                                                     "Os inventores do MIT"

 

Nos dias seguintes discutimos sobre o artigo. E, conscientes da imensa complexidade do artigo, pesquisamos alguns tópicos que nos seriam necessários como coordenadas esféricas e vetor de Poynting. Tentamos ler o artigo e entender as diversas equações descritas pelo autor. No entanto tivemos que procurar o professor Marco Aurélio para nos esclarecer algumas dúvidas.  O que foi muito produtivo. Marco Aurélio nos explicou que existem 4 formas de transformação de  energia: Resistiva, Capacitiva, Indutiva e Radiativa (ou por radiação).A forma resistiva está associada a realização de trabalho: contribui totalmente para a potência, sendo por isso considerada real. Indutiva e a capacitiva  não contribuem com a potência ativa, já que não dissipam calor. A forma indutiva armazena a energia na forma de campo magnético enquanto a forma capacitiva armazena na forma de campo elétrico.Por não contribuirem diretamente com a potência, dizemos que eles são fatores imaginários. E por fim, a energia na forma de radiação é a usada pelos sistemas de telecomunicações (quando uma informação é transmitida de um local para o outro). Ou seja, o breve encontro com Marco Aurélio nos ajudou a direcionar nosso estudo!

 

"Mas as coisas findas, muito mais que lindas, essas ficarão..."

Carlos Drummond de Andrade

E agora José!?



Escrito por Geise, Maisa, Marcel e Roberta às 20h13
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Mais uma Semana....

Para o ínicio da real construção do projeto, nossos orientadores sugeriram que estudássemos melhor todos os pontos teóricos indicados por eles. E isso por quê? Para que detalhes que antes passaram despercebidos possam ser vistos e entendidos. Ou seja, é apronfudar um pouco mais no que realmente é nossa pesquisa.           

                                       

                                                          "Existe coisa mais impressionante do que a física quântica??"

                                                                                                 
Além disso, Marco Aurélio e Sidelmo nos pediram para estudar circuitos ressonantes (a teoria por trás de nosso projeto se torna mais simples de enteder quando se é claro a idéia de tal assunto. Ou seja, facilitará a compreenção de Ressonância Magnética, que é o que nos interessa).
Mais uma discussão sobre a forma do protótipo aconteceu, porém ainda não é possível definí-la sem o conhecimento de ressonância de campo.
 
 
 
 
"...se antes de cada ato nosso nos puséssemos a prever todas as consequências dele, ..., não chegaríamos sequer a mover-nos de onde o primeiro pensamento nos tivesse feito parar." - José Saramago
 


Escrito por Geise, Maisa, Marcel e Roberta às 12h32
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Perspectivas !

Postamos aqui o que imaginamos que será o resultado final de nosso projeto, embora saibamos que muitas dessas nossas idéias se transformarão com o tempo.   Mas por que  "imaginamos" ? Porque nosso projeto envolve novas aplicações dos conceitos do eletromagnetismo.

                                           

                                                           "As trilhas do circuito representam os nossos caminhos ;)" 

*Circuito básico:

- Alterar a freqüência da rede, aumentando-a significativamente.

- Induzir uma corrente suficiente para acender a lâmpada.

*Circuito da lâmpada:

- Envolvida por espiras.

- Ou ligada à uma solenóide.

*Lâmpada de baixa potência.

*Campo Magnético direcionado de modo que atravesse o circuito da lâmpada.

 

"Não quero ter a terrível limitação de quem vive apenas do que é possível fazer sentido. Eu não: quero é uma verdade inventada." - Clarice Lispector



Escrito por projetoeletromag às 20h08
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Resumo

 

Em cada reunião com nosso orientador,  Marco Aurélio Schroeder , várias questões são propostas afim de nos levar a uma reflexão e conseqüente discussão a cerca das bases teóricas do nosso projeto. Assim, estudamos os temas abordados, tiramos nossas próprias conclusões e elaboramos um relatório. Por fim, nosso orientador esclarece as dúvidas  que tivemos e nós refazemos o relatório de modo a deixá-lo simples e objetivo. Eis então a síntese do primeiro relatório:

 

Lei de Faraday e Lei de Lenz

 

 A Lei de Faraday tem como princípio fundamental o Campo Eletromagnético  e suas propriedades. Por isso, é necessário entender o conceito de campo magnético. Um campo magnético se forma a partir de cargas elétricas em movimento. A diferença básica entre um campo elétrico e o campo magnético, visto que ambos se originam do mesmo fenômeno, é que no elétrico as linhas de força são abertas e partem da carga positiva para a negativa; enquanto no magnético as linhas de indução são fechadas . Outros conceitos importantes são o de fluxo magnético e o de densidade de fluxo. Fluxo magnético (f) indica a quantidade de linhas de forças; e densidade de fluxo (B) representa a quantidade de linhas de força em uma determinada área. Logo, B = f/dA. Durante seus experimentos Faraday constatou que a Fem induzida surge no circuito quando há uma variação do fluxo magnético. Faraday ainda observou que quanto mais rápido acontecesse a variação do fluxo , maior seria a Fem induzida (E). Ou seja, E = -df/dt. Para os casos em que o campo magnético possui magnitude e direção constantes sobre uma área plana, o fluxo pode ser escrito como o produto escalar entre os vetores densidade de campo e área. Então f = BAcosx em que x representa o ângulo formado entre os dois vetores. De uma maneira bem simplificada, entende-se o sinal negativo da equação da Fem como uma adequação do sistema ao princípio da conservação de energia.

 

 

                                                                        

                                                                                                         Michael Faraday (1791-1867)

 

 

 

 

"A mente que se abre a uma nova idéia jamais voltará ao seu tamanho original" - Albert Einstein

 



Escrito por projetoeletromag às 18h50
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




 

O Objetivo

A gigantesca evolução nos meios de comunicação, tais como rádio e televisão, remonta à sensacional descoberta  da densidade de corrente de deslocamento realizada pelo físico e matemático escocês James Clerk Maxwell . Tal descoberta "lançou a luz", também, nas transmissões (e respectivas distribuições) de grandes blocos de energia. Neste caso, ainda é necessário para a transmissão que a energia eletromagnética seja guiada por fios condutores . Não seria interessante examinar a possibilidade de transmitir energia suficiente para, por exemplo, acender lâmpadas ou acionar motores, sem a necessidade de fios para guiar a energia?

Pois bem, é justamente nesta linha de pensamento que este trabalho se insere . Tentaremos projetar uma fonte de campo eletromagnético que consiga acender uma lâmpada situada a aproximadamente 2 metros da fonte sem a existência de conexão física entre ambas.
Os mais pessimistas poderiam argumentar: “Isto é loucura! É impossível! Estão perdendo tempo!” . Para estes gostaríamos de lembrar que há pouco tempo atrás os seguintes fatos e feitos eram alucinação/loucura:

i) fazer com que um objeto mais pesado que o ar voe;

ii) forma esférica da terra;

iii) existência de gravidade

iv) a relatividade do tempo.

 

"Uma inteligência modesta aliada a muito trabalho, frequentemente pode mais que uma inteligência brilhante e vadia."



Escrito por projetoeletromag às 17h38
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




HighLights!

Por alguns motivos só conseguimos publicar nosso blog agora. Motivos nobres, podem acreditar . Nós não ficamos "a toa" durante esse tempo, estávamos ocupados com assuntos mais imediatos do projeto. Alguns deles serão apresentados agora nos melhores momentos .






"Isso sim é que é melhor momento, o resto é brincadeira."


No dia 09/10 tivemos a nossa primeira aula na qual os professores apresentaram a disciplina. Formamos os grupos da viagem técnica e recebemos um formulário-guia com passos para realização do projeto. Já nessa semana conversamos com o coordenador do curso de Engenharia Elétrica do CefetMg, Prof. Marco Aurélio, sobre o nosso projeto. Como já havia desenvolvido o projeto em seu mestrado, ele se colocou a disposição para nos ajudar com o nosso.


Na segunda aula do dia 16/10, os professores orientaram como o formulário deveria ser preenchido e discutiram sobre as idéias que surgiram para os diferentes projetos dos alunos. Nisso estávamos adiantados pois já sabiamos o que iriamos fazer desde a primeira aula. Nessa semana também fizemos nosso cadastro no LEACOPI com ajuda do Prof. Anísio que nos orientou com relação às normas de conduta para uso do espaço e dos equipamentos do laboratório. O Prof. Marco Aurélio nos indicou um livro de física para estudar e marcou um novo encontro para discutirmos nossas dúvidas e primeiras impressões sobre Lei de Faraday, Lenz, etc. Ele também aproveitou para nos apresentar o pessoal responsável pela limpeza do laboratório e pedir que nos oferecessem ajuda com a organização, caso precisássemos.


No dia 23/10, na terceira aula, continuamos discutindo com os professores sobre os projetos. Fizemos também, uma lista com algumas perguntas a serem feitas aos engenheiros eletricistas empregados nas empresas que visitariamos. No encontro com o Prof. Marco Aurélio, discutimos a teoria estudada e ele nos propôs algumas perguntas para refletir e responder depois. Aqui vão algumas delas pra vocês também, caso se interessem:


1. O que é uma grandeza física?


2. O que é uma grandeza escalar?


3. O que é uma grandeza vetorial?


4. Qual a relação entre a área e o flux...ops! deixa essa pra lá .


Por fim, no dia 30/10, depois de conversarmos com os professores sobre o atraso na publicação do nosso blog , fomos ao LEACOPI organizar o espaço onde iriamos trabalhar em cima do projeto. Deu um certo trabalho e não conseguimos movimentar algumas coisas que estavam no espaço que nos tinha sido destinado, mas fizemos o possível. Será preciso depois, conversar com o pessoal do laboratório e conseguir permissão para mudar alguns objetos de lugar.


"Nuu", deu pra cansar ... Aguardem os próximos capítulos...


"Deus não dá fardos pesados a ombros fracos." (ditado popular)



Escrito por projetoeletromag às 17h50
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]




Boas Vindas!

Caro visitante,
Esse Blog foi criado com o intuito de partilhar com você o desenvolvimento do nosso projeto. Se você se interessar pelo projeto, provavelmente irá aprender, assim como nós, um pouco mais sobre uma das mais interessantes vertentes do conhecimento científico.

                    

             "Nada como uma bela imagem para chamar a atenção."    

O eletromagnetismo pode ser definido como a ciência que estuda as propriedades elétricas e magnéticas da matéria, mas alguns preferem dizer que é a "coisa" mais linda, mais fascinante, mais incrível, mais maravilhosa... . Eles não estão completamente errados, inúmeros avanços científicos só foram possíveis graças às descobertas em torno do eletromagnetismo. Mais que isso, o estudo dos campos eletromagnéticos e sua compatibilização com a mecânica quântica deram origem à eletrodinâmica quântica, desvendando fenômenos como correntes de condução, polarizações, magnetismo dos materiais, interações químicas, etc. A maioria dos fênomenos naturais têm, mesmo que seja pequena, alguma relação com as teorias e conceitos do eletromagnetismo. Não seria total absurdo dizer que  poderiamos explicar o mundo através de suas equações.

O nosso projeto, pelo que parece, requer um estudo profundo do assunto*, portanto já estamos "metendo a mão na massa" e colocanto o cérebro pra funcionar.

"Se é que restou alguma coisa do meu depois das aulas de cálculo e gaav hehe." (Marcel)

*Veja com detalhes o que você precisa saber sobre o nosso projeto em uma página bem explicativa do "HowStuffWorks", visite a seção de links.

Bom, no mais acompanhem o blog para ficar por dentro do que nós já fizemos e estamos fazendo. Sintam-se a vontade para postar comentários, críticas, sugestões, tudo que quiserem (ou quase tudo que quiserem hehe). Grande abraço!

 "Sobre todas as coisas há 3 pontos de vista: o teu, o meu e o correto" (provérbio chinês)



Escrito por projetoeletromag às 11h52
[   ] [ envie esta mensagem ] [ ]


[ página principal ] [ ver mensagens anteriores ]


 
Histórico
Outros sites
  HowStuffWorks - Energia sem fio
  Teoria de Maxwell